Tag Archive: Verbal


QUANDO


Anúncios


Aprender algumas regras da língua portuguesa por meio das rimas da literatura de cordel. Essa é a proposta do livro”Lições de Gramática em Versos de Cordel”

Veja um exemplo de um erro que até o ex-presidente Lula já cometeu:

Variar o termo menos
é erro crasso demais:
“Hoje havia menos gente”
“Elas estão menos más”
a palavra certa é menos,
não se diz menas jamais”

Autor: Janduhi Dantas
Editora: Editora Vozes
Páginas: 118


A lucidez só deve chegar ao limiar da alma.

Nas próprias antecâmaras do

sentimento é proibido ser explícito.

Sentir é compreender.

Pensar é errar.

Compreender o que outra pesoa

pensa é discordar dela.

Compreender o que outra pessoa

sente é ser ela.

Ser outra pessoa é de uma grande utilidade metafísica.

Deus é por toda gente.

{Fernando Pessoa}

RESSACA DE CULTURA



A palavra chavs – termo depreciativo que designa o jovem suburbano e pobre – marcou os distúrbios em LONDRES.

O vocábulo tem origem provável na língua romani, falada pelos ciganos, e quer dizer “criança”.

Alguns pesquisadores afirmam que a palavra entrou no inglês por meio de um dialeto londrino, designando originalmente uma “criança tosca, rude”.

Segundo o estereótipo consagrado pelos meios de comunicação, chav é o jovem que se veste com roupas extravagantes, tem atitude agressiva e geralmente está desempregado. Coisa de pobre.

Fonte :  Revista Língua Portuguesa Ed. # 72


  • – Escrevia na maioria das vezes à mão, mas também usava com frequência a máquina de escrever.

  • – Ao final das cartas, costumava assinar “Carlos” ou “Drummond”. Às vezes usava “Carlos Drummond”. Raramente assinava o nome completo. Continue lendo


IRACEMA

O que mais impressionou Machado de Assis no velório de José de Alencar, o criador de O Guarani, foi saber como estava pobre a família do amigo tuberculoso, sem vintém.

Se tão breve é a vida, longa é a arte. Alenquemo-nos todos, portanto, pois será sempre tempo de Alencar. Continue lendo

VERBOS : PARTIR


“Mande notícias do lado de lá, diz quem fica”, diz a música. Partir é um verbo que se conjuga eternamente em pretéritos  ou passados presentes.

VERBO : CANTAR


A  expressão “cantar a capela” de origem italiana(a cappella), designa uma interpretação musical sem qualquer acompanhamento instrumental. Nessas interpretações só se escuta a voz do cantor ou cantores.