2001 – Uma Odisseia no Espaço : TUDO ESTÁ VIVO, MESMO MÁQUINAS E PEDRAS

Novo milênio sem bestas nem apocalipses, a Terra girando em silêncio: nossa existência individual, ínfima diante da prepotência das eras, continua sua trajetória incógnita, nossa vida vai se esvaindo no rio das horas e inventamos milhares de maneiras para passar nosso tempo com vícios,alguns sadios, outros doentios, dentre eles,um sempre teve o poder de esvaziar a mente,mergulhar em outras realidades e viver muitas vidas, umas doces, outras perversas, umas infelizes, outras invejáveis.

Amo aquele torpor causado pela tela na sala escura e pelos pedaços de cogumelo apelidados de fotogramas, esse talvez seja o meu vício mais embriagante e doce.

Para aqueles que querem viver algumas das vidas que vivi, aí vão 66 universos paralelos(divididos em 4 posts) descritos em 6 palavras. Talvez não sejam todos os que mais apreciei,mas são os que primeiro me vêm à memória agora:

ASAS DA LIBERDADE – QUANDO A DOR GERAS ASAS.

  1. BLADE RUNNER – OLHANDO NOS OLHOS DO DEUS INEXISTENTE.

  2. O LADRÃO DE SONHOS – UMA LÁGRIMA PODE GERAR O MAREMOTO.

  3. O SILÊNCIO DOS INOCENTES – A INVERSÃO DO MITO DO HERÓI.

  4. CONTATO – OUTRAS VIDAS, OUTRAS REALIDADES,OUTROS PARADIGMAS.

  5. GATTACA – NOVA EUGENIA GENÉTICA INSANA E DOENTIA

  6. A NEVE SOBRE OS CEDROS – AMOR PELA HUMANIDADE SOBREPUJANDO O INDIVÍDUO.

  7. 2001: UMA ODISSEIA NO ESPAÇO – TUDO ESTAVA VIVO MESMO MÁQUINAS E PEDRAS.

  8. DE OLHOS BEM FECHADOS – POLIGAMIA MENTAL LUTANDO CONTRA MONOGAMIA REAL.

  9. CUBO – METÁFORA DA EXISTÊNCIA – COMEÇO E FIM SEM RESPOSTAS.

  10. PERDIDOS NA NOITE – MELANCOLIA E UMA SINCERA AMIZADE URBANA.

  11. O EXORCISTA – COISAS QUE GUARDAMOS SÓ PARA NÓS.

  12. O ILUMINADO – O COTIDIANO TRIVIAL GERA MONSTROS DOENTIOS.

  13. O BEBÊ DE ROSEMARY – TEMOS TODOS MUITOS FILHINHOS-DEMÔNIOS ESCONDIDOS.

  14. CARRIE, A ESTRANHA – SOBRE AQUELE ÓDIO ADOLESCENTE QUE CONTIVEMOS.

    1. ALIEN,O 8º PASSAGEIRO – TALVEZ UMA METÁFORA PREMONITÓRIA DA AIDS

      O HOMEM QUE MATOU O FACÍNORA – RENÚNCIA É O ATO MAIS NOBRE

    2. OS BRUTOS TAMBÉM AMAM – O MITO DO CAVALEIRO ANDANTE

    3. RASTROS DE ÓDIO – SOBRE AQUELES QUE ELEGEM A VINGANÇA

    4. APOCALIPSE NOW – O EMBATE DE NOSSOS EXÉRCITOS INTERIORES

    5. O PAGADOR DE PROMESSAS – OS OBJETIVOS SÃO ENTORPECENTES MUITO AUTODESTRUTIVOS

    6. BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES – COPULEI COM A BELA MADRASTA BOAZINHA…

    7. A FESTA DE BABETTE – O MAIS TRIVIAL PODE ESCONDER GRANDEZAS

    8. CINE PARADISO – COMO NOSSO PASSADO SEMPRE É MULTICOLOR

    9. SOLARIS – QUANDO CERTOS FANTASMAS INTERORES RESOLVEM ATACAR

    10. TEMPOS MODERNOS – SOMOS MÁQUINAS DE CARNE OU HOMENS?

    11. O DIA EM QUE A TERRA PAROU – PODEMOS DESTRUIR A PERFEIÇÃO POR INVEJA

    12. ET – O EXTRATERRESTRE – A DOÇURA É UMA HERANÇA UNIVERSAL

    13. ALIEN – O OITAVO PASSAGEIRO – TALVEZ UMA METÁFORA PREMONITÓRIA DA AIDS

    14. INVASORES DE CORPOS – O TEMPO PASSA, OS AMIGOS MUDAM

    15. CONTATOS IMEDIATOS DE 3º GRAU – TOMARA QUE ELES EXISTAM DESTA FORMA

      • HELLRAISER – SADOMASOQUISTAS BRINCANDO DE FAZER HORROR GÓTICO

        TETSUO – O DRAMA GORE DA PSEUDO REALIDADE

      • CRASH -TECNOFETICHISMO: ORGASMOS SOB ESCOMBROS METÁLICOS

      • THE DOORS -AS PORTAS DA PERCEPÇÃO MASCARANDO VAZIOS

      • A MOSCA – O DELÍRIO IMEMORIAL DA HIBRIDIZAÇÃO INFINITA

      • A LENDA – QUANDO O MANIQUEÍSMO GERA POESIA PURA

      • TUDO SOBRE MINHA MÃE – AMORES VALIDADOS NA PODRIDÃO DAS URBES

      • A ESPERA DE UM MILAGRE – A DOR DA EXISTÊNCIA SOANDO SUAVE

      • A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATE – UM CONTO ESTRANHO SOBRE A HONESTIDADE

      • HELLRAISER – SADOMASOQUISTAS BRINCANDO DE FAZER HORROR GÓTICO

      • SIMBAD E O OLHO DO TIGRE – QUE SAUDADES DOS  MONSTROS MITOLÓGICOS STOPMOTION

      • EXCALIBUR – A RICA MITOLOGIA ARQUETÍPICA DE AVALON

      • NAVIGATOR : UMA ODISSEIA NO TEMPO – AS LUZES DA CIDADE PARECENDO ESTRELAS

      • TEMPO DE DESPERTAR – NOSSAS BARREIRAS PODEM TAMBÉM SER  ILUSÓRIAS

      • SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS – O AMBIENTE DESTRUINDO O POTENCIAL INDIVIDUAL

      • EDWARD MÃOS DE TESOURA – BLADE RUNNER COM PINOCHIO E GEPETO

        • PARAÍSO PERDIDO – O MITO ETERNO DO SHANGRILÁ RESSUSCITADO

        • A ÚLTIMA TENTAÇÃO DE CRISTO – VISÕES DE COMO ELE FORA HUMANO

        • A IGUALDADE É BRANCA – MORRER PARA VER O AMOR CHORAR

        • SPARTACUS – PODER,FORÇA, SANGUE, DOR  E GLÓRIA

        • A CEIA – ALGUNS LABIRINTOS IMPENETRÁVEIS DA MENTE REVELANDO-SE

        • CONAN, O BÁRBARO – BELOS SONHOS ONÍRICOS DE ESPADA & MAGIA

        • MATRIX – A AGONIA DA DESCOBERTA DO VIRTUAL

        • CASABLANCA – A SENSAÇÃO AMARGA DO AMOR EFÊMERO

        • CONTA COMIGO – OS VERDADEIROS AMIGOS FICARAM NA INFÂNCIA

        • PINK FLOYD – O FILME – CERTAS SOMBRAS SOAM-NOS COMO DELÍRIOS

        • FRANKEINSTEIN UNBOUND – SOMOS FEITOS DE PEDAÇOS DE CONCEITOS

        • 12 MACACOS – LIMITES INVISÍVEIS DO ONTEM, AMANHÃ , HOJE

        • A ILHA DAS FLORES – SOBRE PORCOS QUE TEIMAMOS SER

        • KENOMA – A BUSCA DOMITO DA ETERNIDADE

        • A MARCA DA PANTERA – SOMOS FERAS ADORMECIDAS FINGINDO SERMOS HUMANOS

        • EDWARD, MÃOS DE TESOURA – BLADE RUNNER COM PINOCHIO E GEPETO

        • VIOLÊNCIA GRATUITA – O OUROBOROS QUE ARRANCA SEU RABO

        • CORA LOLA – SOBRE O PODER DO “ALHEIO ARBÍTRIO”

        • KOYAANISQATSI – DETRITOS E UM MUNDO PÓS-HUMANO

        • MARCELINO PÃO E VINHO – QUANDO DESCOBRI O TEOR DA MORTE

        • A ENGUIA – O CAMINHOS DE CARNE E HONRA

Texto de Edgar Franco especialmente para o Tom Zine