DAKOTA FANNING EM "GUERRA DOS MUNDOS"

Não são poucos os filmes que exploram os temas de catástrofe. Furacões, vulcões e terremotos são assuntos recorrentes   no cinema, mesmo que seja fazendo uma pontinha no filme. Conheça agora alguns filmes que metem medo. Eles demonstram bem (às vezes até com uma dose de exagero) os desastres causados pelos fenômenos naturais.

Para facilitar, dividimos a matéria em três partes:

1)    Impacto Profundo – a vida segue tranqüila na Terra até que um belo dia chega a notícia de que um meteoro do tamanho de Nova York está em rota de colisão com o planeta. O roteiro é cheio de lugares-comuns.

2)    Volcano – a Fúria – Se você gosta de ver destruição, “Volcano” é um prato cheio. Mas não se assuste em descobrir que a lava utilizada no vulcão do filme é composta de metilcelulose, um componente usado em mik-shakes.

3)    Mar em Fúria – O filme é baseado no caso real de um grupo de pescadores que enfrentaram, em 1991, a maior tempestade já registrada no litoral de Massachusetts. Foi criado um gigantesco tanque com uma réplica do barco.

4)    Robinson Crusoé em Marte – Um foguete norte-americano é enviado pela primeira vez a Marte tendo em sua bagagem astronautas e uma pequena macaca, chamada Mona. Baseado na clássica novela de Defoe: Robinson Crusoé. Resultado: sem água, sem companhia e com a macaca.

5)    A Fúria da Avalanche – O filme é um daqueles velhos clichês, que só vale pelo espetáculo da avalanche ou a famosa morte branca, que já matou milhares de pessoas nas montanhas da Suíça.

6)    A Arca de Noé – A profecia se concretiza e Noé se vê perdido com sua barca enfrentando a dúvida, a revolta dos filhos, furacões, tsunamis (isso mesmo, ela mesma) e a esperança de encontrar uma terra tranqüila. O final todo mundo conhece.

7)    A Guerra dos Mundos – O final é previsível e o galã medíocre (Tom Cruise). Mas a estória  é baseada no romance H.G.Wells e mostra questões como a queda de meteoritos na Terra. A pequena Dakota Fanning salva o filme.