'KIKA", PEDRO ALMODÓVAR, 1993

Estamos nos referindo ao “kitsch”, estética que vai do mínimo ao extremo, do bom gosto ao mal gosto extravagante, personagens “cult” ou absolutamente “nonsense”.

O “kitsch” pode ser romântico, pretensioso, engraçado, anormal, exibicionista, em suma, desestereotipado.

Exemplo: a maioria dos filmes de Pedro Almodóvar.