O túmulo do escritor Oscar Wilde em Paris será protegido por uma redoma de vidro para impedir que as pessoas continuem a beijá-lo. Segundo o jornal “Guardian”, o túmulo está em estado avançado de degradação.

Túmulo de Oscar Wilde em Paris coberto de marcas de beijo feitas com batom

O túmulo de Wilde fica no cemitério Père Lachaise e, desde a década de 1990, tornou-se comum os visitantes do cemitério deixarem marcas de batom na escultura, além de mensagens de admiração escritas com materiais como batom.

Merlin Holland, neto do escritor, diz que as marcas de batom são um problema para a escultura, que sofre com o desgaste provocado a cada limpeza. “Do ponto de vista técnico, o dano no túmulo está próximo de se tornar irreparável”, diz.

Uma nova limpeza e a proteção de vidro foram pagas pelo governo da Irlanda e da França. A proteção será inaugurada nesta quarta-feira, aniversário de morte do escritor.

O irlandês Oscar Wilde morreu em Paris em 1900.

FONTE : FOLHA ONLINE