“O que estraga o ser humano é a memória,

fonte de todas as culpas e remorsos.

Sem memória talvez doesse menos viver. Ou não?

Seríamos apenas acontecimentos súbitos, momentos, fulgor de incêndio um pouco antes das cinzas.

Som estrangulado de cristal quebrando,

nosso grito,

nosso medo,

nossa voz.”

AIRTON MONTE