O clássico final feliz.

Inscrição mais do que romântica e já um tanto despersonalizada.

Algumas vezes sua ausência pode acarretar o fracasso de determinada película, noutras, é subliminar e afetiva. Existem finais felizes de efeito dúbio e desconcertante.