Celebrado como o pai do conto japonês e mestre da narrativa breve, Ryunosuke Akutagawa é detalhista ao descrever ambientes , épocas e situações.

O autor morreu aos 35 anos de overdose de cianeto de potássio. Era sua terceira tentativa de suicídio. Em nota, escreveu:”Por mais paradoxal que pareça, agora que estou pronto, acho a natureza mais bela do que nunca. Vi, amei e compreendi mais que os outros”.

Anúncios