Um combatente leal às autoridades do governo interino da Líbia disse à BBC que encontrou o coronel Muammar Gaddafi em um buraco em Sirte e que o ex-líder teria pedido que ele não atirasse.

O combatente brandia uma pistola dourada que dizia ter pertencido a Gaddafi.

A captura de Gaddafi ainda não foi confirmada por fontes independentes e ainda não se sabe se o ex-ditador líbio está vivo ou foi morto.

Fonte: Folha online

Anúncios