“Ardo em desejo na tarde que arde!

Oh, como é belo dentro de mim

teu corpo de ouro no fim da tarde;

teu corpo que arde dentro de mim

que ardo contigo no fim da tarde!”

Manuel Bandeira

Anúncios