Conto de Beatriz Bracher

A escritora recria as experiências de dois jovens vivendo em 2061

 Koloko o tênis verde/sheet/ta frio/abro a porta/shet every lado/sheep and sheets/flora/onde VOSE ETA?

       To aki,Michel.

      Pk te AMO? Choro sem vose/LAGRIMAS KONJELA NO MEUS OLHOS ALBINO/frio entre o ddos/vry cold/dents batendo,klak,klak/merda sheets/Grass e kjas du tsnmy

      Kjas?

      Konjas du tsunami/o kapim koberto de merda e konjas/pekena e Inda konjas du ultimo tsunamy/a ovelhas kome kapim salgado/I bleed sheeps for my grandgrandfather soup/sange de ovelhas/sopa de sange eh so o ke ele pode komer/entende? Do youknow Who i AM? Nunca a parlato kon usted ke Jô it MIT/I MEAT EAT MEAT/komo karne salgada da ovelhas filhas du tsunami/VS tai?ond VS ta?

        No metro;7 da manha.Aki na amerika do sul o sol eskenta a fumasa o inverno inteiro;Kente.Vose kome karne?

        Yeh.

        Não sei kem vose eh.

        Yeh/i dont know you tôo

        Eu te amo.Tereze veio kom o pai toskiar a ovelhas/tranzei kom ela

Fabio foi buskar 1 alikate em kaza/tranzei kom ele

foi bm?

Yeh.Foi bom?

yeh/vem pra kA flora/Igo/meu bizavo ker morrer/meu bivo ker ke eu mate elle

Esta eskuro.Kero ver vose.Seu rosto.Seu rosto.Liga aluz da kamera.A tanto tempo eu kero ver seu rosto.

eh de noite 10 d noite na oseania/n kero k vose vexa meu rsto albino/e tah eskuro/seu sem estrelas/gotas fria de água no ar dia e noite/meu bizavo ker k eu mate eel

– – –

– – –

Eu nunka vi vose, nunca vi.

sai do metro e vem pra kA

Um omem tranza kom uma mulher agora no metro.Eles tira a roupa,o pau dele eh grande.Estou molhada.Vose me ama,Michel?

sim/before the Sun raised/i fuck a sheep pensdo em VS/pus o filme de vose rindo na kosta dela/VS ondulava no karakois de lan dela

A mulher gozou sem barulho, pos o vestido,tirou um lenso da bolsa e limpou o banko ke sujou um pouco de gosma branka.Ele olha pra mim

Vira pra eu ver.sai dao

_ _ _

q rua eh esa?

da eskola, vou ter k parar.

meu bizavo diz k eh fasil komo matar ovelha/eu falei/ele piskou o olho na letra M. piskou na letra A, e a makina fez A B C D de novo e ele piskou na letra T e na letra E/ e foi indo e ele piskou de novo na letra M e de novo a makina soletrou o alfabeto e ele piskou e piskou e no final apareseu na tela  e a makina falou com voz de makina: MATE-ME AGORA, É SEU DEVER E SUA SALVAÇÃO. MATAR MAIS VELHO É A SUA COTA/ele olhou pra mim enquanto a makina falava/ele não piskou/olhou para mim com o olhos Branko e velho cheio de raiva

_ _ _

qtos anos tem seu bizavo?

121

Ta doente?

?

ta velho a mto tmpo/ta velho

e seu avo

louko/kastrado no ospisio

pai mãe?

fora desa ilha salgada e kada ves menor/ vapor frio o dia todo/eles foi f

zer $ pra eles pra mim e my ggrandftr/eu fikei p/kuidas da morte dele/eu fikei pra n deixar o greens invadir a fazenda

vs tem xeiro de karne?

yeh/so saio d noit/eles pde saber pelo xeiro/they wil kill me/dpois ke meu bivo morrer/enquanto eu tiver um omem velho eles não podem me tocar

kero te ver.kero ouvir tua voz.

vou eskrver ate o sol naser/ate VS chegar/ate VS cheirar kem eu sou

_

vs vai fikar ai?

Yeh

me mostra teu rosto

_ _ _

t amo,mostra teu peito

vou no banheiro

o 2/baixa mais

_ _ _

para/para+++/go go

_ _ _

+ + + +

_ _ _

eu kro vs tbem

_ _ _

michel, o ke vose vai fazer?

kero morrer toda noite kom vose

qtos anos vs tem de verdade?

de verdade 13/e vs?

de verdade 12/vem pra ka

n posso ir/minha pele albina

vem/a fumasa vai te proteger]vou matar meu bizavo e ir morrer kom vose /na amerika do sul

Publicamos na íntegra (atendendo a pedidos) o conto da escritora Beatriz Bracher. Fragmento do conto foi publicado no post  “Kero Morrer Toda Noite Kom Vose”.

Anúncios