Quando amaldiçoam

Van Gogh,

Modigliani,

absolvendo a vida

de Pedro ou Batista

(ou de Jesus Cristo)

estão simplesmente

condenando a carne

única e possível

de imortalidade.

Só a arte não apodrece

sua dor na alegria.

 

Nauro Machado

Anúncios