“Aquele gosto amargo do teu corpo

ficou na minha boca por mais tempo

de amargo então salgado ficou doce,

assim que teu cheiro forte e lento

fez casa nos meus braços e ainda leve

e forte e cego e tenso fez saber

que ainda era muito e muito pouco.

Faço nosso o meu segredo mais sincero

e desafio o instinto dissonante.”

 

(“Daniel na Cova dos Leões “- Fragmento)

 

[Três anos antes de assumir sua homossexualidade,Renato Russo gravou esta letra no álbum “Dois”,de 1986, que fala de sexo oral gay]

Anúncios