“Eu sou para meu amado o objeto de seus desejos.

Vem, meu bem-amado, saiamos ao campo,passemos a noite nos pomares,pela manhã iremos às vinhas, para ver se a vinha lançou rebentos , se as suas flores se abrem,se as romãzeiras estão em flor.

Ali te darei as minhas carícias.

As mandrágoras exalam o seu perfume, temos à nossa porta frutos excelentes, novos e velhos que guardei para ti, meu bem amado.”

Rei Salomão in O Cântico dos Cânticos – Antigo testamento

 

Anúncios