O cotidiano e o processo criativo do artista

 plástico cearense Leonilson transbordam em 313 peças – pinturas, bordados, cadernos, diários e outros objetos pessoais – que revelam para as novas gerações um dos mais importantes artistas das décadas de 80 e 90.

A palavra escrita era um dos temas centrais da obra de Leonilson,morto em decorrência da Aids,aos 36 anos,em 1993.

Em cartaz até 29 de maio no Itaú Cultural,em São Paulo, a mostra “Sob o Peso dos Meus Amores” é a maior retrospectiva já realizada do trabalho do artista.Mais informações: (11)2168-1876.

Anúncios