Minha vida é gay,

Minha vontade é gay,

Meu desejo é gay.

Minha saúde é gay,

Minha casa é gay,

Meu tapete é gay.

Meu gato é gay,

A cor da minha pele é gay.

Eu tenho sonhos e bocejos gays.

Minha cerveja é gay.

Se eu ficasse grávido, teria filhos gays.

 

Compro bananas gays,

Canto músicas gays,

Escrevo poemas gays.

Minha aura é gay,

Meu Deus é gay.

Levo porradas,

Cusparadas

E desaforos gays.

 

A fogueira de Joana D’Arc era gay.

As flechas de São Sebastião eram gays.

O Porsche Spyder de James Dean foi gay.

 

Sou gay em meu tempo e lugar

Como esse frasco de vidro temperado

Ou a porcelana limoges

Fazendo par

Com o faqueiro

Que repousa solene

Em seu estojo Black.

 

Sou gay ton sur ton,

Vaporoso como as

Astromélias vermelhas

pipocando na primavera.

 

Sou gay montanhoso,

Sofisticado postiche

Ou rústico cachepô

Entre a varanda e a vida.

 

Sou gay terracota,

Cromado;

Gay alpaca, gay bambu.

Gay!

 

Meu fogão é gay,

Minha cutícula é gay,

Minha saladeira é gay.

Minha parede é gay,

Meu pé de manga é gay,

Minha fazenda é gay

(se eu tivesse uma,ela seria).

Meu semáforo é gay

(por que eu teria um semáforo?!)

 

Todo motel é gay,

Toda boate é gay,

Todo vestiário é gay,

Todo banheiro é gay,

Toda esquina é gay.

 

Minhas verdades são gays.

Minha ressaca é gay.

Meu cacófato é gay.

 

Gay, gay, gay !

Anúncios